Parar de fumar engorda mais do que se pensava, diz estudo






Deixar de fumar leva a um ganho de peso médio de 4kg a 5kg no primeiro ano, significativamente maior do que se pensava, aponta um estudo divulgado nesta quarta-feira (11).

A maior parte do peso extra é acumulada nos primeiros três meses, escreveu uma equipe de pesquisadores médicos na versão online do "British Medical Journal", enquanto outro grupo ressaltou que os benefícios que parar de fumar trazem para a saúde superam o risco de engordar.

Para os ex-fumantes que não usaram a terapia de substituição da nicotina, o ganho médio de peso foi de 1,1kg em um mês, 2,3kg em dois, 2,9kg em três, 4,2kg em seis e 4,7kg depois de um ano.

Os números são "significativamente maiores do que os 2,9kg geralmente anunciados", frisaram os pesquisadores da França e da Grã-Bretanha. "Além disso, o ganho de peso está bem acima do que os 2,3kg que as mulheres fumantes dizem estar dispostas a tolerar". Pesquisas anteriores mostraram que a nicotina inibe o apetite e pode acelerar o metabolismo.

Os pesquisadores compilaram dados de estudos realizados entre 1989 e 2011 nos Estados Unidos, na Europa, na Austrália e no leste da Ásia para calcular as alterações de peso entre ex-fumantes. Cerca de 16% deles perderam peso, e 13% ganharam mais de 10kg no primeiro ano.

Em um editorial que acompanha o artigo, especialistas da Espanha e da Austrália apontam que um ganho de peso modesto ameaça menos a vida do que o fumo: "O tabaco é a principal causa de mortes prematuras no mundo, sendo responsável por 5,1 milhões de óbitos anualmente. A obesidade, juntamente com o sobrepeso, causa 2,8 milhões de mortes".

Os pesquisadores indicaram que o medo de engordar pode desencorajar algumas pessoas a parar de fumar, e pediram novas pesquisas que identifiquem aqueles com maior risco de ganhar peso, para que sejam monitorados.



Parar de fumar engorda mais do que se pensava, diz estudo Parar de fumar engorda mais do que se pensava, diz estudo Editado por saude.chakalat.net on 18:27 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.