Fumar agrava os riscos de aneurisma cerebral






Fumar aumenta e muito o risco de hemorragia potencialmente fatal causada por um aneurisma, aponta um novo estudo. Aneurisma é uma protuberância ou inchaço que ocorre em um vaso sanguíneo quando sua parede está enfraquecida. A chance de sobreviver ao rompimento de um aneurisma é de 50%, sendo que a maior parte dos sobreviventes costuma carregar sequelas para o resto da vida. A descoberta foi publicada no Journal of Neurology, Neurosurgery and Psychiatry.

Para a pesquisa, um especialista da Seoul National University Hospital, na Coreia do Sul, e colegas compararam 426 pessoas que haviam sofrido hemorragia cerebral entre 2002 e 2004 com 426 que não haviam tido o problema. A idade média dos voluntários era de 50 anos.

O grupo afetado por hemorragia cerebral apresentava mais adeptos do tabagismo além de indivíduos de famílias com histórico de derrame ou pressão alta do que o outro grupo. Cerca de 38% das vítimas de hemorragia eram fumantes, enquanto que apenas 24% dos voluntários do segundo grupo fumavam.

Após levar em conta o peso dos participantes, a ingestão de sal e o histórico familiar de diabetes, os pesquisadores concluíram que fumantes tinham um risco quase três vezes maior de sofrer hemorragia cerebral do que não fumantes. O tempo de uso do cigarro e o número de cigarros também influencia o risco.

Cinco anos após largar o vício, entretanto, o risco de sofrer uma hemorragia pelo rompimento de um aneurisma era o mesmo de não fumantes. O mesmo não acontece com quem fuma 20 cigarros ou mais por dia. Neste caso, o risco de hemorragia permanecia duas vezes maior mesmo após cortar o mau hábito.

Dicas para parar de fumar

Largar o vício é um dos maiores desafios na vida de um fumante. Por isso, recaídas são extremamente comuns, já que nas primeiras semanas é difícil controlar a vontade de dar uma tragada. A seguir, confira dicas para cortar o cigarro da sua vida.

1. Evite tentações
Pelo menos nos primeiros dias sem cigarro, evite ficar em ambientes em que muitas pessoas fumem. Afinal, testes de resistência como esse não costumam ajudar o tabagista. Com o tempo, fica mais fácil conviver com quem fuma sem passar vontade.

2. Acabe com a rotina
Para muitos, fumar faz parte da rotina, assim como lavar o rosto ao acordar ou escovar os dentes antes de dormir. Por isso, engane a vontade de pegar um cigarro mudando o dia a dia.

3. Mude o foco
Nos primeiros dias sem fumar, o tabagista tem picos de vontade extremamente perigosos. Nesses momentos, a melhor saída é buscar se concentrar em outra atividade. Escove os dentes, beba um copo de água ou invista em outra atividade que exija que você preste atenção no que está fazendo.

4. Busque apoio
Envolver amigos e familiares em uma mesma meta ajuda a alcançar o objetivo. Desta maneira, um incentiva o outro e o grupo ganha força como um todo.

Fumar agrava os riscos de aneurisma cerebral Fumar agrava os riscos de aneurisma cerebral Editado por saude.chakalat.net on 09:35 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.