Fumantes de longa data perdem 10 anos de expectativa de vida






De acordo com o CDC, uso do tabaco causa cerca de 200 mil mortes por ano nos Estados Unidos

De acordo com o CDC, uso do tabaco causa cerca de 200 mil mortes por ano nos Estados Unidos

Pesquisadores do St. Michael's Hospital, no Canadá, descobriram que fumantes crônicos perdem 10 anos de expectativa de vida.

O estudo sugere ainda que parar antes dos 35 anos pode ' devolver' uma década de vida aos dependentes do tabaco.

Usando dados de mais de 200 mil norte-americanos, os pesquisadores também descobriram que a taxa de mortalidade para os fumantes atuais é três vezes maior do que aqueles que nunca fumaram, com a maioria das mortes causadas por condições relacionadas ao tabagismo, tais como câncer, doenças do coração, derrames e doenças respiratórias.

Os especialistas classificaram o estudo como um marco, observando que pesquisas semelhantes nos Estados Unidos foram feitas décadas atrás, ou em grupos de pessoas que não representam a população em geral. Como o tabagismo entre as mulheres não atingiu seu pico até a década de 1980, a pesquisa é, aparentemente, também a primeira a examinar o verdadeiro impacto do uso do tabaco entre ambos os sexos.

"Isso é realmente impressionante, uma combinação de boas notícias para os não fumantes, mas altas taxas de mortalidade entre os fumantes. Nós encontramos uma triplicação da taxa de mortalidade, e os níveis entre homens e mulheres agora são muito semelhantes. Mulheres fumam como homens e morrem como homens", afirma o autor do estudo Prabhat Jha.

De acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), o uso do tabaco causa cerca de 200 mil mortes por ano nos Estados Unidos, mais do que a infecção por HIV, uso de drogas ou álcool, acidentes de carro, suicídios e homicídios juntos.

Os cientistas examinaram dados sobre tabagismo de cerca de 217 mil adultos recolhidos entre 1997 e 2004 para determinar os riscos do tabagismo e os benefícios de parar de fumar.

Os não fumantes têm duas vezes mais probabilidade de viver até 80 anos em comparação aos fumantes, o que indica que o tabagismo não mata as pessoas em idade avançada, mas na meia-idade, segundo o estudo. Outra descoberta foi que os fumantes adultos que se livram do vício em idades de 25 a 34 anos, ganham cerca de 10 anos de vida em comparação com aqueles que continuam a fumar.

"Mesmo parar depois dos 55 anos de idade rende alguns anos extras aos ex-fumantes. Nunca é tarde demais para parar", conclui Jha.




Fumantes de longa data perdem 10 anos de expectativa de vida Fumantes de longa data perdem 10 anos de expectativa de vida Editado por saude.chakalat.net on 09:05 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.