Estudo revela que parar de fumar ajuda o coração, mas engorda





Os fumantes ganham entre três e seis quilos nos primeiros seis meses após largar o cigarro

Deixar de fumar reduz significativamente o risco de doenças cardiovasculares, apesar de provocar ganho de peso, destaca um estudo publicado nesta terça-feira (12) no Journal of the American Medical Association (JAMA).

As pessoas não diabéticas que participaram do estudo e que deixaram de fumar reduziram em 53% o risco de sofrer um episódio cardíaco ou um acidente cardiovascular cerebral em comparação aos fumantes, mesmo quando ganharam peso, destacam os autores da pesquisa realizada pela Universidade de Lausanne, na Suíça.

O estudo, realizado com 3.251 pessoas entre 1984 e 2011, mostrou um ganho de peso médio de entre 2,7 e 3,5 quilos no grupo que abandonou o cigarro.

Os pesquisadores também detectaram uma redução do risco cardiovascular entre os diabéticos que pararam de fumar, mas o consequente aumento de peso pode ter consequências nefastas, especialmente entre os que não controlam bem a doença, o que supõe um risco maior de óbito.

O cigarro é a principal causa de morte 'evitável' nos Estados Unidos e um risco maior de enfermidade cardiovascular, destacam os pesquisadores.

Deixar de fumar reduz claramente este risco, mas supõe um ganho de peso e isto é a principal preocupação dos fumantes, além de representar também um fator de risco cardíaco.

Nos Estados Unidos, os fumantes ganham entre três e seis quilos nos primeiros seis meses após largar o cigarro e este excesso de peso persiste durante algum tempo.



Estudo revela que parar de fumar ajuda o coração, mas engorda Estudo revela que parar de fumar ajuda o coração, mas engorda Editado por saude.chakalat.net on 09:39 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.