O que andamos falando


Por que o cigarro é prejudicial?






A nicotina não é o único componente negativo do cigarro. O monóxido de carbono invade os glóbulos vermelhos e reduz a quantidade de oxigênio disponível para o coração, o cérebro e as demais partes do corpo.

O fumo do cigarro torna o sangue mais espesso, daí a predisposição ao desenvolvimento de embolias. O alcatrão e outros hidrocarbonetos têm um alto poder cancerígeno.

O cigarro é um dos hábitos preferidos pelas mulheres, uma prática que foi aumentando através das gerações. Porém, os filhos de mães fumantes apresentam um menor peso ao nascer, além do fato de a incidência de abortos, parto prematuro e natimortos ser maior entre elas.

O hábito de fumar entre as adolescentes é maior que entre os do sexo masculino da mesma idade; e, entre aqueles que estão apenas começando, pode causar intoxicação: excitação, confusão, nervosismo, debilidade, cólicas abdominais, convulsões, depressão, respiração rápida e superficial e palpitações.

O aumento de problemas relacionados à saúde é muito maior entre fumantes: é mais freqüente o enrijecimento das artérias (por exemplo, das coronárias) e da aorta (principal artéria que leva o sangue do corpo para o coração).

A aterosclerose tem seu desenvolvimento mais intenso e lesivo; há diminuição do colesterol bom (HDL) e aumento do ruim (LDL); a principal causa da bronquite crônica e da enfisema pulmonar é o cigarro.
Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário