O que andamos falando


Os males do cigarro na saúde bucal






O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. São aproximadamente 2 bilhões de fumantes e isso equivale a um terço da população adulta existente no planeta. Ao fumar, você permite que mais de 4500 substâncias químicas tóxicas entrem pela boca e afetem todo o corpo. Entre as áreas abaladas por esse hábito está a voz que pode ficar mais grossa ou até sumir.


Essa alteração da voz é ainda mais perceptível nas mulheres que costumam ter naturalmente a voz mais suave e doce. O fumo é altamente nocivo para a voz, pois a fumaça quente agride o sistema respiratório e as pregas vocais, alterando o seu funcionamento e podendo causar ressecamento, irritação, pigarro, edema (inchaço), tosse, além de aumentar a produção de secreções e causar infecções diversas.

Fumar atrapalha o sistema imunológico, dificultando o combate às bactérias que causam as doenças periodontais. Até os tratamentos são prejudicados já que o tabagismo dificulta a cicatrização da gengiva ou de qualquer outro procedimento dentário como uma extração.

O alcatrão no cigarro causa mau hálito e mancha os dentes. Além disso, fumar afeta o paladar e olfato.

O câncer de boca é o nome dado aos tumores malignos que atingem o órgão e parte da garganta. A língua é região mais frequentemente afetada. Apesar de atacar diretamente o pulmão, o ato de fumar é o principal responsável por causar a doença. De acordo com dados do Departamento de Estomatologia do Hospital do Câncer, 95% dos casos de câncer bucal são causados pelo tabaco.

Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário