O que andamos falando


Motivos para o Idoso parar de fumar




Olá! Eu sou a Dani e esse texto fala sobre Motivos para o Idoso parar de fumar.



O consumo de cigarros também faz parte do cotidiano de uma quantidade significativa de idosos.  O tabagismo representa um importante acelerador do processo de envelhecimento, comprometendo não apenas a expectativa, mas a qualidade de vida também. Fumantes com idade superior a 50 anos apresentam maior dependência da nicotina, fumam há mais tempo e um maior número de cigarros, tendo mais problemas de saúde relacionados ao tabagismo, e dificuldade maior em parar de fumar. As principais causas de morte por tabagismo são as doenças cardiovasculares, a doença pulmonar obstrutiva crônica e o câncer de pulmão. Atualmente, há uma série de estratégias farmacológicas e não-farmacológicas para o auxílio do abandono do tabagismo, que também podem ser uma alternativa para os idosos.

Esse consumo pode ser entendido como uma doença adquirida na juventude, e que têm os seus sintomas predominantemente manifestados na velhice. Os malefícios do tabaco geralmente não são notados em curto prazo, constituem-se como uma sequência de alterações notadas como o passar dos anos. Os prejuízos no organismo são avassaladores, porque em um único cigarro existem mais de quatro mil substâncias tóxicas.

Os danos causados pelo tabagismo são cumulativos, quanto maior o tempo de exposição – tanto ativamente como passivamente, maior é o risco de desenvolvimento de doenças. As doenças mais associadas ao fumo na terceira idade são: câncer de pulmão, doenças cardíacas e doença pulmonar obstrutiva crônica.

Caminhos para viver sem o tabaco na velhice:

O primeiro passo para sair do vício do cigarro é estar motivado a parar de fumar. Nenhum método será eficaz se o fumante sênior não estiver realmente determinado a parar de fumar.
A diminuição do número de cigarro deve ser gradativa. Para tal, evite carregar o maço ou a carteira de cigarros inteiros consigo.
Evite qualquer coisa que estimule o fumo, tais como cinzeiros pela casa ou o consumo de café e bebidas alcoólicas.
Atualmente existem diversos medicamentos para o auxílio do abandono do tabagismo, e podem ser uma alternativa ideal para os idosos, já que se submeteram por mais tempo aos efeitos da nicotina. Entre os auxílios farmacológicos e não-farmacológicos estão o uso de adesivos de nicotina na pele, gomas de mascar ou spray nasal.

Existem outros métodos para tratar a dependência da nicotina nos mais velhos, como o uso de cigarros eletrônicos, a prática regular de atividades físicas e terapias alternativas. Em ambos os casos, deve haver um acompanhamento médico e psicológico do fumante.

Antes tarde do que nunca: benefícios imediatos de parar de fumar na terceira idade:

20 minutos: esse é o tempo ao qual a pressão arterial e os batimentos cardíacos de uma pessoa que decidiu parar de fumar volta ao normal.
48 horas: Não há mais a presença da nicotina no organismo. O idoso já consegue sentir melhor o cheiro e o gosto dos alimentos.
72 horas: A há uma melhora na respiração do mais velho.
15 dias: o risco de câncer cai em 90%, contudo, nuca como a probabilidade de quem nunca fumou.
1 mês: a pele do idoso começa a ganhar um melhor aspecto.
3 a 9 meses: a função pulmonar aumenta em 10%. Os problemas respiratórios e a tosse típica dos fumantes desaparecem.
1 ano: cai pela metade as chances do idoso ter um ataque cardíaco.


Espero que você tenha gostado da abordagem. Segue a gente nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, e no Youtube. Entre no grupo do Whatsappe no grupo do Telegram

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário